Pronunciamento Roberto Balestra (28/09/2017)

BALESTRA-PERFILSr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, cidadãos que nos acompanham pela TV e Rádio Câmara. Uma preocupação mundial, que mobiliza governos e a sociedade civil, é o trânsito. Milhares morrem ou ficam feridos todos os anos, e, infelizmente, meu Estado de Goiás ainda está entre os 10 do Brasil que mais matam em acidentes. E o mais preocupante é que, a maioria das vítimas é composta de jovens, que ficam incapacitados para suas atividades por longos períodos ou, até mesmo, definitivamente.

A Semana Nacional do Trânsito, comemorada entre 18 e 25 de setembro, teve como tema deste ano, “Minha escolha faz a diferença no trânsito”, mostra que cabe a cada um de nós perseverar no sentido de abandonar maus hábitos e posturas tidas como negativas, para promover a cidadania e o respeito. As boas atitudes entre condutores e pedestres é que fazem com que possamos ter mais segurança ao sair de nossas casas e enfrentar ruas e estradas, principalmente nas grandes cidades, as mais afetadas com os problemas do trânsito.

Estamos, também, caminhando para os últimos anos da “Década Mundial de Ações Para a Segurança do Trânsito – 2011/2020”, sem que grandes evoluções tenham sido percebidas no país. Organizações privadas e órgãos públicos que lutam para que a triste realidade de mortes diminua para índices cada vez menores acreditam que, levando-se em conta as causas dos acidentes, a maioria das mortes poderia ser evitada com a simples observância das leis de trânsito e com a adoção da direção defensiva.

Nesta Casa, tenho atuado, como membro da Comissão de Viação e Transportes, em favor de medidas que auxiliem na melhoria de condições de estradas, como a iluminação da BR-040 no Entorno do Distrito Federal, duplicação de outras rodovias, como a GO-070, em Goiás e luto pelo reconhecimento de profissões ligadas a área, como a de despachantes documentalistas e instrutores de trânsito.

Acredito que, com informação e preparo contínuos, educadores e estudantes possam dar os primeiros passos para consolidar a educação para o trânsito como uma forma de debate permanente nas escolas e universidades, e todos os campos da sociedade, para que nós, cidadãos estejamos, sempre e, em primeiro lugar, comprometidos com a valorização da vida.

Sr. Presidente, peço a V. Exa. a divulgação do meu pronunciamento nos meios de comunicação da Casa e no programa A Voz do Brasil.

Muito obrigado.

Ainda no h comentrios

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 

Assine nossa Newsletter

Agenda de Compromissos